Marcas em movimento

O assunto da vez pra quem gosta de moda, marketing, antropologia e consumo, é a moda consciente. Tenho lido muito sobre, assistido documentários (vale dar uma olhada  no “The True Cost” disponível no Netflix) e pensado em uma frase que já falo algum tempo e que tenho tentado aplicar cada vez mais no meu dia-a-dia, “Amou? Muito? Então leva, se ficou na dúvida deixa por ai.”.

E ai entra as grandes marcas, o que elas tem feito pra conquistar vocês, qual história elas contam, como é o produto e quem faz ele? Por isso tenho amado tanto ir em eventos que reúnem novos produtores, gente que faz e que está ali te dizendo de onde aquilo veio. Dos últimos eventos que fui, trouxe 4 marcas bacanas que amei, pra vocês conhecerem aqui também!foto 2A Eu Líricas é feita pela Camila Lordelo, artista que se propõe em colocar poesias nas coisas, e no seu dia também. São colares, porta jóias, quadrinhos e frases para extrapolar amor em algum canto da casa ou escritório, tudo feito com um carinho absurdo. Para seguir, @euliricas.foto 1A Iglou é uma marca infantil e só por isso provavelmente já ganharia vários suspiros de todo mundo, mas elas vão muito além disso. Por trás da marca Celina Cabral e Larissa Barbosa, trazem um manifesto de produdos feito por pessoas para pessoas, falam de afeto, vínculos, tempo e respeito, palavras importantes para quem quer criar pequenos seres (♡). São roupinhas e produtos de decoração que saem daqueles frus-frus todos e que trazem personalidade, coisa mais linda de ser ver. Para seguir, @iglou.kids.foto 3A Ahoy Company  é uma marca mineira feita em pequena escala, manualmente e em família. Com camisas masculinas com estampas super bacanas, peças femininas que vestem super bem e um cuidado extra no atendimento. Para seguir, @ahoyco.foto 4Para terminar a Amora Papel, produz cadernos de forma artesanal, pelas mãos da Karen Suehiro e Mel Cerri. Eles são pensados com todos os detalhes para quem também ama papelaria. Para seguir @amorapapel.

Anúncios

Por mais flores

_ Ganhou flores?

_ Não! Eu mesma comprei!

_ Nossa, primeira vez que vejo isso.

_ É, compro sempre que posso pra colorir a casa.

_ Primeira vez MESMO que vejo isso.

Processed with VSCOcam with m5 preset

Esse foi o diálogo que aconteceu sábado no meu elevador, eu feliz chegando da feira com minhas frutas e margaridas, e um senhor de 50 anos mais ou menos super espantado por eu não ter ganhado as flores e sim comprado pra mim mesma. Confesso, estou matutando essa pequena conversa de elevador até hoje, não por ela ser super importante, ou por ter algo absurdo, mas pela maneira como o senhor disse que nunca tinha visto uma mulher comprando flores pra ela mesma.

Flores são simbólicas, trazem cores, cheiros e sorrisos, e não importa muito se você mesma comprou. Claro, ainda é lindo ganhar, de quem quer que seja, da família, do amor, dos amigos ou de um estranho na rua, o importante é sempre trazer um sorriso.

E por mais pessoas que comprem flores pra si mesma, que vão a restaurantes acompanhada de um livro, que andem na rua admirando suas singularidades e que viagem com elas mesmas em uma descoberta. Assim ela se torna uma boa companhia quando só, e uma melhor ainda quando estiver rodeada de pessoas queridas.

Por mais flores!

Narcos, plata o plomo.

Tinha mil planos para o feriado, mas foi só a sexta chegar com frio e chuva para eu querer resumir tudo em edredom, comidinhas e série. 
0280d3215af9b84ebc01fe79e5beec0c

Então aí vai a minha sugestão (desculpa pessoas que convivem comigo, estou monotemática), Narcos! A netflix liberou os três primeiros episódios no dia 28 de agosto, logo depois veio os outros sete, e eu quero mais, muito mais – mas notícia boa, a segunda temporada já está confirmada para 2016 (um pulo e chegou!). Foi só assistir o primeiro episódio com duração de 1hr para saber que não ia sossegar até assistir tudo, então resumi a minha semana em ser um zumbi para terminar e pronto, agora estou aqui querendo assistir tudo pela segunda vez, vou tentar me controlar. É a história de Pablo Escobar, um dos maiores narcotraficantes do mundo, responsável por 80% da cocaína consumida nos anos 70, 80 e começo dos 90, interpretado por Wagner Moura. Me desculpem os críticos especializados, mas o que é um sotaque perto desse ator, não prejudica em nada essa série maravilhosa em que percebemos a narrativa de José Padilha (Tropa de Elite), as nuances dos personagens e nos pegamos muitas vezes torcendo pelos bandidos, claro, só na ficção. A série conta com gente do mundo, o americano Boyd Holbrook e o chileno Pedro Pascal (vulgo Oberyn! <3) interpretam agentes da DEA (Agência Americana anti-drogas), o colombiano Juan Pablo Raba impressiona como Gustavo Gaviria, braço direito de Pablo Escobar, e a mexicana  Stephanie Sigman (próxima Bond Girl) interpreta a jornalista Virginia Vallejo que na série se chama Valeria Velez. A história te prende e também te deixa querendo saber mais sobre quem era essa pessoa, o roteiro é tão irreal que depois de cada episódio eu ia atrás de reportagens e sim, tudo aconteceu.2d7397e6c2acdecf08353f4308cfa7f5Captura de Tela 2015-09-04 às 02.53.28

Tem drogas, violência, política, excelente elenco e abertura de Rodrigo Amarante.

Precisa de mais motivo?!

5 a Seco

800x455_4Na segunda fui no show do 5 a Seco no Theatro NET de São Paulo, fiquei uma semana ouvindo as músicas para não fazer feio, afinal não faz sentido nenhum em ir no show sem saber de cor pelo menos meia dúzia das melhores. Foi o suficiente para me encantar pela letra, voz e melodia dos 5 paulistanos (Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni) que se revezam em todos os instrumentos e no microfone, mais um ponto pra essa banda incrível.

Eles fizeram sucesso na internet primeiro, depois veio o primeiro disco, do youtube direto pro Ao Vivo no Auditório Ibirapuera, em 2012, com participação de Maria Gadú, Lenine e Chico César. O segundo disco de 2014, Policromo, mostra ainda mais as nuances da banda, porque como eles mesmos dizem, de monocromático basta o dia-a-dia. Dá play!

#HolaUruguay

Gosto dessas cidades pequenas, que vielas recortam, que bancos na frente das casas animam a conversa fiada das vizinhas, a jogatina dos vizinhos. Gosto de lugares com história e que te fazem suspirar em cada parede descascada, porta colorida, flor na janela ou lamparina acesa.

Não é atoa que durante a minha viagem para o Uruguai o que mais esperava conhecer e me encantar era Colônia Del Sacramento, Patrimônio da Humanidade pela Unesco. IMG_0217IMG_0559IMG_0558IMG_0680Onde ficar : Posada Las Terrazas é daquelas simples mas com detalhes que fazem diferença, bons momentos na piscina em um sol de janeiro que insistia em queimar e pedir momentos de refresco entre um passeio e outro. Uma olhada na pequena biblioteca com bons nomes uruguaios e argentinos, gente simpática e atenta para entender nosso péssimo ‘portunhol’ e quartos confortáveis. E o melhor, do lado do centro histórico! IMG_0417IMG_0471IMG_0569IMG_0633IMG_0646IMG_0905IMG_0697O que fazer : Aquele velho clichê de quem viaja, andar! Entre em cada ruazinha, com árvores floridas, carros antigos, paredes de fundo para fotos (<3), o rio, a vida seguindo, os turistas passando. De vez em quando parem, respirem e tente absorver toda a beleza. Para ir um pouco além do centro, os carrinhos automáticos podem ser alugados próximo ao porto onde pega o BuquebusIMG_0525IMG_0548IMG_0711IMG_0796IMG_0812IMG_0823IMG_0845IMG_0843IMG_0847
Onde comer: Senta que lá vem história! Comer é uma das melhores partes de uma viagem, todos aqueles sabores formam uma memória pro resto da vida. Em Colônia o Buen Suspiro é parada obrigatória, vá para um jantar, reserve antes. São só dez meses em uma casinha toda peculiar e a especialidade, picadas ou frios, nós pedimos a Monja que serve quatro pessoas. Para acompanhar, suco de uva branca (super doce!) e vinhos uruguaios.

No meio da tarde, helados, na El Cali. E no final do dia sente no Charco Bistrô, você vai se encantar com um pôr do sol e libélulas voando em todos os lugares. Esse restaurante parece que saiu de uma seleção do pinterest de tão lindo, e vale super a pena.IMG_0852Uruguai, obrigada pelos dias lindos e pelas memórias que vão ficar, até uma próxima!

Cinema

3-coracoes3 Corações –  A sinopse é mais ou menos assim: “Após perder seu trem noturno de volta para Paris, Marc conhece Sylvie em uma pequena cidade francesa. O encontro revela aos dois uma surpreendente afinidade e, juntos, eles andam pelas ruas até o amanhecer conversando sobre tudo, menos sobre si mesmos”, e então é possível saber que logo associei com meu filme preferido “Antes do Amanhecer”, mas não tem nada em comum. Nesse filme que conta com Benoît Poelvoorde, Charlotte Gainsbourg, Chiara Mastroianni e Catherine Deneuve no elenco, o roteiro é muito mais denso. A história possui vários clichês mas trabalhados com habilidade, com diálogos e a falta dele muitas vezes para criar o clima, que envolve 3 corações, um homem e duas mulheres que são irmãs. Cinemascope-Não-olhe-pra-trás-2Não Olhe Para Trás – Um ponto de partida, a carta escrita por John Lennon ao músico Steve Tilston, que só chegou ao remetente 40 anos depois, a partir daí ficção. Danny Collins é um músico de sucesso, com músicas de refrãos pegajosos, com uma mulher jovem e envolvido em drogas, até que recebe uma carta escrita por John e Yoko, que deveria ter sido entregue para o jovem que começava a carreira na música e que poderia ter mudado o rumo de sua vida. A partir das palavras de uma carta ele pensa em retomar contatos e laços, a composição e a carreira que aquele jovem desejava.

Com elenco entrosado e cheio de carisma, o longa conta com: Al Pacino, Bobby Canavale, Jennifer Garner, Annette Bening e Christopher Plummer. E para deliciar músicas de Lennon na trilha sonora.

São Paulo em Cores IX

Um final de semana com múltiplas cores, do céu cinza ao azul, dos pratos cheios de caloria aos saudáveis, dos edifícios aos parques. São Paulo é assim, cheia de contrastes e lugarzinhos pequenos e lindos!IMG_2584IMG_2587IMG_2588Um desses é o Torta no Quintal: um lugar pequenininho, cheio de cores e sabores, o melhor deles vem em forma de torta de carne seca com mandioquinha e queijo brie, acompanhado de salada e suco de frutas vermelhas, yummi!

Você chega e não tem cardápio, mas geralmente são 3 sabores de tortas por dia, os sucos são variados, além do meu pedido vi saindo muito morango com abacaxi, deve ser delícia. E o preço é ótimo, uma refeição fica na média de R$32,00, se quiser sobremesa + R$10,00.

De segunda a sábado, Rua Comendador Miguel Calfat, 319 – Itaim BibiIMG_2600IMG_2605IMG_2625O restaurante é boa pedida pra quem está ou vai no Parque Ibirapuera, são mais ou menos 2km de caminhada entre um e outro. E por lá acontece até o dia 19 de maio a 3o Bienal Graffiti Fine Art, no Pavilhão das Culturas Brasileiras (esse pavilhão anda meio abandonado e precisando de reformas, ele fica do lado do Museu Afro-Brasileiro).

Vale a visita, que é gratuita e cheia de cores!IMG_2642IMG_2661

Blazer: Forever 21 . T-shirt: Apto 103 . Short: Animale . Tênis: New Balace . Mochila: Lacoste