Barato total, libido, suor, curtição, libélula..

O Garotas Suecas mostra a mesma irreverência de suas músicas e clipes nos bastidores. Em entrevista para o BDQ+ eles riram e fizeram graça o tempo todo, mas na hora de tocar mostraram porque são sucesso de crítica no Brasil e no exterior. Com muita energia, tocaram seus sucessos e deixaram gostinho de quero mais!

Badulaque perguntou e eles responderam:

BDQ+ – De onde surgiu o nome Garotas Suecas?

Nico Paoliello: É uma homenagem aos jogadores da seleção brasileira de 1958, nosso primeiro título. Homenagem a eles que fizeram muita farra na Suécia, e todo mundo tava bem lá com as suecas, as suecas com os brasileiros. E muito deles fizeram família lá, família sueca tupiniquim, e é uma homenagem a esses heróis da nação!

Irina Bertolucci: Primeiro título importante, a gente é uma banda futebolística alguns mais outros menos. Não aparece no nosso som porque não cantamos sobre futebol, ainda! Mas enfim, é por causa da copa de 58, grande marco da história nacional.

BDQ+ – Quais as inspirações pro som de vocês?

Tomaz Paoliello: A gente é muito inspirado pela música brasileira, principalmente os influenciados pela música americana. Rita Lee e Tim Maia, começou a compor uma música vai neles e o resto vem dai.

Guilherme Saldanha: Talking Heads

Fernando Machado: Black Kiss

Irina Bertolucci: É um som que não aparece muito na nossa música, mas a gente gosta de coisas bem esquisitas brasileiras e coisas bem normais que ninguém conhece Ildon e Jards Macalé.

Nico Paoliello: Jorge Ben, que é um clássico e o cara fazia um som que não tem como ninguém fazer igual.

BDQ+ – Qual a expectativa pra tocar no Planeta Terra?

Nico Paoliello: Expectativa muito alta, os ingressos acabaram em 14 horas porque todo mundo quer vê a gente. (risos) Por isso a gente tá muito confiante, mas vai ser muito legal. E a gente tá se preparando há um tempo mentalmente e tecnicamente

Fernando Machado: Fisicamente também, já fiz abdominais hoje!

Guilherme saldanha: Já to escolhendo minha roupa

Irina bertolucci: O maior festival que a gente já tocou no Brasil, tomara que o público entre na nossa onda. Só coisa boa, Playcerter, montanha russa, Strokes, ídolos, Liam Gallagher

Tomaz Paoliello: E nessas 14 horas eu não fui agraciado com os ingressos, então muito bom ter sido convidado.

BDQ+ – O que não da pra perder no Planeta Terra?

Garotas Suecas: Criolo, que acabou de ganhar no prêmio Bravo como melhor show do Brasil. Strokes, Toro y Moi, Beady Eye.

Irina Bertolucci: Uma coisa que a gente aprendeu é que se o cara sabe fazer show vale, mesmo que o disco não seja tão bom!

BDQ+ – Dica pra experimentar?

Garotas Suecas: Black Kiss, Dead Lovers banda de Belo Horizonte e Apanhador Só.

BDQ+ – Irina, como é ser a única menina do grupo?

Nico Paoliello: Posso responder? Ás vezes é difícil, mas eles são muito legais, não fazem nada de errado, me respeitam. (Mais risos!)

Irina Bertolucci: Estamos acostumados né, já viajamos tanto junto que eu sei que vou acordar mais cedo pra me arrumar e eles vão dormir até os últimos 5 minutos e se arrumar em 30 segundos!

BDQ+ – Irina e o que não pode faltar na mala?

Irina Bertolucci: Minha mala é uma das menores da banda, nem penso porque tudo combina com tudo. Mas meia calça, sou viciada! Tenho de todas as cores, texturas e preço. É o que mais compro quando viajo e não ocupa muito espaço.

BDQ+ – Palavras que definem a banda?

Garotas Suecas: Barato total, libido, suor, curtição e libélula.

Deu pra perceber que os meninos e menina são de uma simpatia e carisma total né?

No myspace da pra ouvir as músicas, fica a dica!

Por: Fernanda Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s